ASTRONAUTA CAFÉ

Nosso foguete aterrissou na Vila Mariana trazendo um mundo de aromas e sabores a ser descoberto. Os cafés e o cardápio foram cuidadosamente escolhidos para que você tenha experiências intergalácticas. Vem, embarque nessa aventura com a gente e explore seus sentidos.

MANIFESTO

Você já pensou em explorar novas possibilidades? A gente não está falando (apenas) de largar tudo e sair por aí mundo afora, afinal sabemos que isso não é tão fácil assim. Estamos falando de algo mais simples, coisas do dia-a-dia. Tente, por exemplo, arrumar mais tempo para tomar café com as pessoas que você gosta e dedicar, diariamente, uns minutinhos só para você, seja para fazer um esporte ou simplesmente aproveitar o dolce far niente*. Faça o que você ama e para isso não necessariamente você precisa arriscar seu emprego, use seu tempo livre. Abra a mente e permita-se experimentar novas sensações, novos sabores e aromas, novas formas de ver o mundo. Corra menos e coma mais, saboreando sua comida bem devagar. Instigue sua curiosidade e esteja aprendendo constantemente, seja qual for a sua idade. Reflita sobre suas ações e as reações que elas causam se colocando, inclusive, no lugar do outro. Repense suas escolhas e faça uma plano para aquilo que você quer que seja diferente. Não fique só no planejamento, faça acontecer. É difícil, às vezes tem que deixar velhos hábitos de lado e abrir mão de um monte de coisa. No entanto, vale a pena quando a gente chega lá e percebe que o céu não é o limite. Um sonho não precisa ser ir até a Lua logo de cara, mas ganhar um pouquinho melhor e poder comprar a primeira peça do foguete que você vai construir.

Pare. Olhe ao redor. Respire. Voe.

* Expressão italiana relacionada ao prazer de não fazer nada.

NOSSOS CAFÉS E MÉTODOS

A gente escolheu trabalhar com cafés especiais, o que significa cafés da mais alta qualidade. Um trabalho cuidadoso que começa lá na lavoura e que é finalizado por um profissional que estuda muito chamado barista. Mas não é só isso. Escolhendo café especial, a gente também escolhe apoiar a agricultura familiar e o pequeno produtor. A gente escolhe oferecer uma xícara cheia de aromas e sabores a ser explorada. A gente escolhe saber de onde vem nosso café e como ele foi produzido. A gente escolhe fazer parte de um mundo tão incrível que não dá mais vontade de sair dele.

Para extrair as características desses cafés, podemos usar diversos métodos. Veja alguns deles e as particularidades de cada um:

Aeropress

Esse é um método que filtra o café sobre pressão, assim como o espresso. Porém, nesse caso, é a pressão do ar que faz o serviço. Dependendo da receita, além da pressão também pode ser usado um tempo de infusão. Resultado: Café rico em açúcares e óleos essenciais do próprio grão.

Coador de Metal

Além de considerar a questão sustentável, que evita o uso de papel, cafés extraídos em coador de inox ou outro tipo de metal não têm seus óleos absorvidos. Resultado: A xícara pode conter sinais de resíduos. A bebida é rica em aromas e com acidez e doçura acentuadas.

Espresso

Extraído sobre a pressão da água, o espresso é como se fosse uma lente de aumento. Isso porque esse método vai evidenciar as características do café, tanto as boas quanto as ruins. Resultado: Uma bebida bem intensa e rica em aromas.

Hario V60

Muito similar ao Melitta visualmente. Porém, a abertura da base é maior, na parte de dentro tem linhas em espiral e seus filtros são cônicos e mais porosos. Resultado: Uma bebida com doçura e, principalmente, com acidez acentuadas.

Kalita Wave

De base achatada, pequenos furos em forma de triângulo e relevos circulares na parte de dentro, esse método também possui um filtro bem diferente, parece uma forminha de brigadeiro, só que maior. Resultado: Café com doçura e acidez equilibradas.

Melitta

Esse é, sem dúvida, o método mais conhecido e utilizado por nós, brasileiros. Dispensa apresentações, não é mesmo? Resultado: Um café mais intenso quando comparado à Hario V60 e com doçura levemente mais acentuada.

Prensa Francesa

Conhecida também como french press, esse é um método que utiliza infusão e não é necessário o uso de filtro de papel. Seu próprio sistema é capaz de filtrar o café. Resultado: Uma bebida intensa e equilibrada.

NOSSOS CAFÉS E MÉTODOS

A gente escolheu trabalhar com cafés especiais, o que significa cafés da mais alta qualidade. Um trabalho cuidadoso que começa lá na lavoura e que é finalizado por um profissional que estuda muito chamado barista. Mas não é só isso. Escolhendo café especial, a gente também escolhe apoiar a agricultura familiar e o pequeno produtor. A gente escolhe oferecer uma xícara cheia de aromas e sabores a ser explorada. A gente escolhe saber de onde vem nosso café e como ele foi produzido. A gente escolhe fazer parte de um mundo tão incrível que não dá mais vontade de sair dele.

Para extrair as características desses cafés, podemos usar diversos métodos. Veja alguns deles e as particularidades de cada um:

Aeropress

Esse é um método que filtra o café sobre pressão, assim como o espresso. Porém, nesse caso, é a pressão do ar que faz o serviço. Dependendo da receita, além da pressão também pode ser usado um tempo de infusão. Resultado: Café rico em açúcares e óleos essenciais do próprio grão.

Coador de Metal

Além de considerar a questão sustentável, que evita o uso de papel, cafés extraídos em coador de inox ou outro tipo de metal não têm seus óleos absorvidos. Resultado: A xícara pode conter sinais de resíduos. A bebida é rica em aromas e com acidez e doçura acentuadas.

Espresso

Extraído sobre a pressão da água, o espresso é como se fosse uma lente de aumento. Isso porque esse método vai evidenciar as características do café, tanto as boas quanto as ruins. Resultado: Uma bebida bem intensa e rica em aromas.

Hario V60

Muito similar ao Melitta visualmente. Porém, a abertura da base é maior, na parte de dentro tem linhas em espiral e seus filtros são cônicos e mais porosos. Resultado: Uma bebida com doçura e, principalmente, com acidez acentuadas.

Kalita Wave

De base achatada, pequenos furos em forma de triângulo e relevos circulares na parte de dentro, esse método também possui um filtro bem diferente, parece uma forminha de brigadeiro, só que maior. Resultado: Café com doçura e acidez equilibradas.

Melitta

Esse é, sem dúvida, o método mais conhecido e utilizado por nós, brasileiros. Dispensa apresentações, não é mesmo? Resultado: Um café mais intenso quando comparado à Hario V60 e com doçura levemente mais acentuada.

Prensa Francesa

Conhecida também como french press, esse é um método que utiliza infusão e não é necessário o uso de filtro de papel. Seu próprio sistema é capaz de filtrar o café. Resultado: Uma bebida intensa e equilibrada.

Parceiros

A gente não podia deixar de dedicar um espaço aos nossos parceiros. Sem eles não conseguiríamos ter chegado até aqui. Além disso, a gente também acha importante que você saiba quem são nossas conexões para entender de verdade toda a essência do nosso trabalho.

Blog
Contato

ASTRONAUTA CAFÉ

Rua Rio Grande, 139
Vila Mariana – São Paulo

FUNCIONAMENTO

Segunda a sexta: das 08h30 às 19h
Sábados: das 09h às 17h
Domingos e feriados: consulte nossos canais de mídias sociais.